A queda…

…uma quase fanfic de Overwatch

Antes de mais nada, vejam esse curta:

Quando vi pela primeira vez esse vídeo sobre a origem de Doomfist, novo personagem de Overwatch, fiquei pensando o porque dos membros da Overwatch o atacarem tão ferozmente.

Então, imaginei uma hq que se passa antes do vídeo, em que Doomfist e sua trupe tivessem armado uma cilada, deixando um importante membro do grupo a beira da morte. Mas, eu acabei desenhando apenas uma ilustração:

Clique na imagem para ampliar esta e outras artes

Sim, a vítima seria Torbjörn. Ao meu ver seria uma perda considerável, já que seu conhecimento é um precioso recurso ao grupo. Ele não chegaria a morrer, mas estaria fora de ação por um bom tempo.

E então, o que acharam?

Um rabisco de almoço…

Uma das minhas terapias de relaxamento é sempre fazer um rabisco num sketchbook que levo na mochila. Nada tão elaborado quanto o meu outro sketchbook, mas serve como um laboratório de ideias.

Então que ontem eu rabisquei um urso lutador, nos moldes do traço mais “fofinho” que ando fazendo:

E à noite, resolvi fazer um desenho no outro sketchbook, para por os pensamentos em ordem e fiz outra arte do mesmo personagem, que apelidei de Orso:

Mas não resisti e tirei uma foto do desenho, e no com a ajuda da deusa Adobe, trabalhei a imagem e a vetorizei, importando-a pro iPad onde eu a colori no Procreate. Resultado:

Ultimate Final Boss

Heroes never die. Villains either.

Não tem nada pior quando se está na batalha final contra qualquer boss de Beat ‘em up e o lazarento vem e assume uma segunda (ou terceira) forma, aumentando o seu nível de apelação. Pior ainda é quando isso acontece após a sua derrota, quando você menos espera ele vem e ressurge, disposto a tudo para destruí-lo.

Bom, e com isso temos o desenho de hoje…

ultimate-final-boss
– Isto não acabou… AINDA!

Claro que a inspiração para o chefão veio de um hq que fiz algum tempo atrás, chamada Final Boss, que vocês podem ler clicando aqui. E desenhei ao som da trilha sonora de chefões de jogos de luta da SNK – como essa belezinha logo abaixo – usando um combo de marcadores Copics, Sinoart, Finecolours e Tombow.

Mais um rabisco ao vivo

E hoje fiz mais uma live no Facebook, com um rabisco com temática de Halloween.
Segue o vídeo:

A minha idéia era desenhar um bruxo, um vampiro, ou um demônio. Calhou que os dois último empataram e tivemos um rabisco de Demovampiro:

mais-um-rabisco-ao-vivo

Tudo dando certo, terça agora, véspera de feriado, vou fazer mais uma live, com mais um. Espero vocês lá!

The Bearzerker

Apesar de ter desistido do InkTuber, não ia ficar sem desenhar. Então pus me a fuçar meus antigos sketchbooks em busca de inspiração. E foi no meu primeiro Moleco que achei o tema do meu desenho.

A história de Ivan, o Bearzerker

Então que lá em 2009 eu tinha a ideia de um personagem que consistia num werebear militar soviético chamado Ivan (eu confesso que adoro esse nome. Simples, curto e forte, ainda mais se você disser forçando um sotaque russo). Além disso, ele usaria DUAS miniguns (arma imortalizada pelo sargento Blain Cooper, interpretado pelo ex-wrestler Jesse Ventura no filme Predador).

the-bearzerker
Primeiro desenho do Bearzerker, num momento zen, no meu Moleco de 2009. Feito com caneta bic.

E pensar que anos depois os russos fariam um filme de super-heróis com um werebear militar com uma minigun*. Pelos menos ele não se chama Ivan. :/

Ivan Bearzerker está morto, longa vida ao agente BZK

Bom, para evitar maiores comparações, resolvi mudar um pouco a origem do personagem. Continua o background militar e especialista em armas pesadas. Trabalhou durante muitos anos como agente independente, com o codinome de BZK. Atualmente aposentado.

Não mudei muito o visual dele nessa nova versão – apenas detalhei um pouco mais as miniguns (só pra constar, que coisa chata de desenhar, rsrsr). O resultado foi esse:

the-bearzerker-2016
Versão de 2016 do Bearzerker Agente BZK. Materiais usados: Marcadores Copics e Simuart, Tombow preta e Uniball gel branca.

Estou pensando seriamente em fazer um revival de desenhos antigos, o que acham?

(*)ps: Caso não tenham percebido, eu tava falando desse filme aqui, Guardians:

Quase InkTober – Fome…

Eu ia colocar essa ilustração como parte do InkTober 2016, mas como estou MUIIIITO atrasado com desenhos, não acho que valha a pena incluí-la.

Ela começou durante um bate-papo online com o meu amigo James Figueiredo, onde resolvi relaxar rabiscando coisas enquanto ele trabalha numa hq que ele está desenhando. O legal é que nem fiz esboço, fui direto na caneta. Então o rabisco foi tomando proporção e saiu isso aqui:

quase-inktober-fome
Nem todos os ursos são fofinhos…

Nessa arte usei uma caneta Tombow preta junto com marcadores Sinoart, Uniball gel branca e Finecolour preta.