Eu tenho guardado uma pasta com diversos esboços que juntei durante desde 1996.

Essa paste serve como um banco de idéias quando eu me sinto desinspirado e, folheando-a hoje, me deparei com um desneho que fiz  há quase vinte anos:

Duarte, o anão

O nome dele, Duarte, veio de um trocadilho com a sonoridade da palavra dwarf (anão, em inglês). Como podem ver, o design dele era uma coisa bem simples, algo meio AD&D.

Mas vamos a nova versão:

Duarte 2.0 – Para esse desenho (e outros) em tamanho maior, é só clicar na imagem.

Praticamente uma outra pessoa, certo? Mantive as caracteristicas principais, como o escudo de dragão, o capacete com o chifre faltando.

%d blogueiros gostam disto: