InkTober – JackJack, de Numenera

Hoje a arte é do meu mais novo personagem de RPG, ambientado no mundo de Numenera…

Esse velho amigo, o RPG

Antes de mais nada, uma breve explicação sobre o que é Numenera:

Ambientado em um futuro tão, tão distante, Numenera dá uma nova roupagem à fantasia medieval tradicional, criando algo único, revigorando a imaginação de jogadores de todos os lugares. Personagens jogadores exploram um mundo de mistérios e perigos para encontrar artefatos abandonados do passado: pedaços de nanotecnologia, a esfera de dados emaranhada entre os satélites ainda em órbita, criaturas biomodificadas e muitos estranhos e maravilhosos dispositivos que dispensam entendimento.

Explorar Numenera é descobrir as maravilhas dos mundos que vieram antes; não os mundos em si, mas seus meios de melhorar o presente e construir um futuro. Com regras simplificadas e intuitivas, Numenera permite que os jogadores criem personagens em minutos e enfatiza a história ao invés da mecânica de jogo. Numenera é a última criação de um dos maiores nomes do RPG: o premiado designer e favorito dos fãs, Monte Cook.

Devo confessar que a primeira vista eu olhava muito torto para a ambientação de Numenera. Me lembrava de longe o Dark Sun, do D&D, uma ambientação que também não curtia.

As ilustrações também não em agradaram a primeira vista, e esse lance de misturar magia com tecnologia num falso mundo medieval me pareceu esquisito (falou o cara que desenha uma hq de fantasia que há uma magia chamada tweet e internet e é fã de Shadowrun…). E ainda por cima havia psiquismo, que pra mim era a coisa mais nada a ver em uma ambientação medieval.

Então que o Márcio, o mestre de jogo do nosso grupo ,marcou uma “palestra” via hangout, onde tirou nossas dúvidas sobre o Numenera. Eu passei a enxergar a ambientação menos como Dark Sun e mais como Destiny e Phantasy Star, com uma pitada de Mad Max e -pasmem – Star Wars… Como diria Sir Arthour C. Clarke: “Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível da magia.”

Admito que a ideia do sistema mais simples em que você define os pontos principais do personagem… Tipo, em uma frase você tem toda a história do seu personagem. Exemplo:

jackjack_inktober_by_marco_bym

“Meu nome é JackJack1, sou um Mecânico2Jack3 que Cria Objetos Únicos4

Explicando:

  1. JackJack é o nome dele, e sim, é para fazer piada com a “classe” de personagem dele, explicada um pouco logo abaixo;
  2. Mecânico é o descritor do meu personagem, que define o meu personagem. No caso ele é hábil com dispositivos e máquinas;
  3. Jack é a minha classe de personagem. O nome vem do termo em inglês “Jack-of-all-trades”, o pai pra toda obra. Eu sou o equivalente aos DPS nos MMOs. E como o nome diz, eu sei de tudo um pouco. Além disso, existem mais duas classes no jogo, Glaives (os “porradeiros”) e os Nanos (os “místicos”);
  4. E Criar Objetos Únicos é o Foco do meu personagem. Resumindo: sou um mecânico faz-tudo muito phoda, rsrsr.

No final das contas, de jogador desconfiado com ambientação nova virei jogador empolgado com ambientação nova! Mal posso esperar pra começar a jogar!

Bom, sem querer me alongar demais, vocês podem saber mais sobre Numenera é só visitar a páginas deles no face, clicando aqui.