Desenhando Werebears…

Um dos meus RPGs favoritos de todos os tempos é o Lobisomem – o Apocalipse, da White Wolf. Em parte pelo universo interessante da ambientação, de parecer um jogo mais cooperativo do que seu irmão mais velho, Vampiro – a Máscara, pelo ar mais “Coração Valente”, mais super-heróiesco…

O bom que em Lobisomem… os suplementos seguintes mostravam a existência de outros metamorfos. Alguns até com uma história mais interessante do que as dos próprios “Campeões de Gaia”. Entre essas histórias, estavam as dos Werebears (ou Ursomens, numa tradução mais literal – que é trash, sorry), que eram chamados de Gurahl.

Fora que no próprio D&D os werebears (ou homens-ursos, como eram chamados na versão traduzida) também são bastante interessantes, mas um pouco apelativos… Só para relembrar, na terceira edição do D&D, um werebear tinha um ajuste de força em +16 (!)… Tudo bem que nas edições seguintes isso foi mudado. Mas era uma coisa que intimidava.

O fato que eu sempre gostei de desenhar Werebears e todo esse texto foi uma boa desculpa para postar mais um desenho, rsrsrs…

Segue:

werebear_al_by_marco_bym

Curiosidade: eu fui procurar pela interwebs uma origem dos werebears e que eu achei foi o de uma linha de ursos de pelúcia lançada nos anos 80 na Inglaterra cujo principal atrativo era dos dóceis bichinhos se transformarem, como os lobisomens… Seria era a origem do mito??

E se alguém um dia quiser mestrar para um anão-were-dire-bear-monge é só me avisar, ok?